terça-feira, 26 de janeiro de 2010

As canções no rádio falam sobre corações partidos.
E o que eu poderia te dizer?
Isso está na TV, nos filmes, nas novelas, isto dentro de mim e talvez...Dentro de você. Isto está dentro de nós.
Seria o novo mal do século? A síndrome dos corações partidos.
Mas não é sobre isso que eu quero falar.
O amor é simples mas ás vezes pode ser complicado.
É puro, é intenso é a coisa mais bonita que existe.
Mas ele pode ferir, pode machucar...O coração daqueles que não sabem, ou estão próximos de quem não sabe amar.
O que você tem que entender, é que não é uma ilusão. A vida não é linda como dizem, e tem sim, milhões de problemas que você terá que aprender a resolver.
Esqueças os princípes encantados, eles não existem, nunca existiram, e o Edward Cullen é apenas um personagem.
Sonhar não vai te trazer o garoto que você espera pra perto de você.
É preciso encarar que a vida não é um conto de fadas.
Não é um filme, muito menos uma novela, onde todas as coisas ficam bem no final.
Na vida real, não é assim, e se você não lutar pelo que acredita, pelo final que você quer ter, o seu the end, pode ser bem triste.
Se você já tem uma certa experiência com namoros e afins, talvez você já tenha descoberto que não se deve dizer eu te amo pra qualquer um. E que esse, deveria ser usado pra pessoa certa, no momento certo.
Que normalmente você não vai se casar com o garoto que você namora aos 15, e que a vida ainda vai mudar muito, seus pensamentos, seus sentimentos...E que nenhuma decepção é pra sempre, por mais que pareça na hora.
E lembre-se...Corações partidos sempre vão existir.
Corações podem sempre...Se partir.
Sempre.

8 comentários:

Bruna Trindade disse...

É, mas existe um momento em que eles (os corações) tornam-se inquebráveis, embora mais sensíveis como nunca. A questão é aprender a lidar com as rachaduras. A isso chamamos maturidade.

Abraço.

Fernanda disse...

o coração se recompoe logo...e que bom que assim seja.ele está sempre em busca de um novo amor...

Murilo disse...

Talvez seja pior. Creio que o novo mal do século não são os corações partidos, mas sim a falta destes corações. As coisas se tornam cada vez mais frias e racionais e isso acaba levando um pouco da beleza da vida. Ou bastante!
Mas é só errando que se aprende.

Camila disse...

nuuus nunca tinha pensado nisso UHAUHAHUA., mas tem muita chance de acontecer.

Be atriz disse...

Concordo com o Murilo! Nos dias de hoje as relações são cada vez mais frias, quase ngm diz eu te amo.
Mas concordo com vc tb qdo diz que não existem contos de fadas e que nós devemos lutar pelo final que queremos!
E, mesmo com corações partidos, não deixar NUNCA de acreditar q o amor existe!
Beijos

Be atriz disse...

ps. ADOREI o layout novo!

André Santos. disse...

Bom...
adimito que alguns dias atrás entrei no seu blog, li seu texto e não quis comentar.
certo... adimito que agora... só entrei (neste momento. com toda certeza ao ver sua atualização entraria... mas em outra hora. porque segundo vc é a regra 123 dos best friends hehe).
Mas desta vez entro aqui e leio seu texto... meio diferente do que já havia me acostumado a ler...
Bom...
não sei o que aconteceu... se é que aconteceu alguma coisa.
apenas sei que não somos nada sem amar.
Portanto... cada bom momento creio que seja bom torná-lo eterno.
E cada instante ruim... bom... são apenas passageiros...
Juntando os pedaços do coração... podemos criar um novo... talvez até melhor.
Aliás...
Conte comigo.
Esta é a regra nº 124 do manual...
Adoro vc sua poia!!!

Deni Maciel disse...

isso q eu chamo d conspiração =/


mas o tempo e a maturidade ajudará..
*-*

tdo bm por ai ?
aah participa da minha primeira promooção lá no meu blog ?
o premio num é lá 'grandis' coisa mas...
ótima quinta quase FDS.
e feliz dia da caneta hermafrodita...por fora é vermelha..mas quando vc escreve..sai tinta azul *-*

Fui...