domingo, 15 de agosto de 2010

Quando eu te conheci eu era apenas uma menina tentando reaprender a sorrir.
Eu tinha na cabeça tanta coisa, no peito um coração partido, você fez por algumas horas meu coração parar de doer...
E de repente, por alguns momentos, eu nem lembrei do que estava me fazendo ter vontade de chorar.
A gente se conheceu meio assim do nada e se eu contasse diriam que é coisa de filme, de novela...Mas aconteceu e é verdade.
Só que essas coisas de destino, não acontecem na vida real, acontecem?
Eu nem mesmo sei o que dizer...Acho que ainda tô confusa com tudo.
Só sei que você me fez sorrir e eu ria como se o mundo não tivesse mais problema nenhum.
Me encantei com você, com seu jeito de falar, com o seu jeito de ver o mundo...
Com o seu jeito de me tratar...E você me tratou tão bem...Com você eu me senti melhor.
E enquanto você falava, me contava as coisas que você pensava, do mundo e de tudo...
Eu de repente me perdi nas suas palavras e começei a imaginar...Como seria a minha vida com você do meu lado.
Percebi que talvez, mesmo sem te conhecer direito, você podia ser a pessoa certa pra mim.
Quem é que vai saber? Será que poderia mesmo?
Eu também não sei.
Mas depois, você foi embora e o buraco no meu peito apareceu de novo...
Será que você poderia estar sempre por perto pro meu coração parar de doer?

2 comentários:

@juusep disse...

As vezes as coisas são assim, elas vem e vão, nos fazem felizes e machucam.

Susanna Ocractes disse...

Nossa me emocionou msm sério ow..
Li ouvindo no fundo O que eu também não entendo d Jota Quest.. tipo, perfeito!!
.."Se isso não é amor, o que mais pode ser??"

Parabéns,

Susanna.